sobre o pôr do sol

Eu sou apaixonada pelo pôr do sol, não lembro exatamente desde quando. Mas eu amo, amo as cores, amo imaginar o que Deus estava pensando quando pintou aquele céu, amo me sentir pequena e pensar na criatividade do meu Deus!

Tenho alguns momentos tão especiais que eu guardo na memória que eu vivi assistindo ao pôr do sol. Lembro da primeira vez que eu vi o sol se pôr na praia, era um sonho que eu tinha, e foi durante umas férias que fui com a família para o litoral de SP.

Lembro do dia que o Gui me pediu em casamento, a gente estava em um lugar lindo, na beira do Guaíba e aquele céu rosa ficou gravado em mim.

Lembro de alguns momentos aqui em Piçarras, que eu saia de casa e ficava no meu quintal só observando o céu escurecer aos poucos. A impressão que eu tenho, é que de alguma forma eu sinto Jesus mais pertinho durante o pôr do sol. É quase um abraço de Deus!

Um amigo uma vez me fez pensar sobre isso, comentou que era na viração do dia que Deus visitava Adão e Eva no jardim. Achei incrível.

Esses dias eu estava rolando o meu feed do insta e eu vi várias fotos de um pôr do sol maravilhoso aqui na minha cidade, eu acabei perdendo de ver, aliás, faz tempo que eu não consigo parar com calma para ver o sol descer devagar.

Na viração do dia eu normalmente estou amamentando, ou trocando fralda, dando banho, fazendo dormir, ou alguma outra coisa que não fazia parte da minha rotina há pouco mais de um mês atrás.

Essa semana eu olhei para o João no meu colo, como eu sempre olho, e senti o abraço de Jesus, igual no pôr do sol.

Durante os primeiros dias de vida do João, a viração do dia era sem dúvida o pior horário do dia pra mim, eu era tomada pelo medo, e eu chorava, chorava muito!

Foram dias intensos (ainda são) mas nesses momentos, eu era amada, abraçada e consolada. Por várias pessoas que sem nem saber estavam sendo Jesus pra mim naquele momento.

Ter um filho, gerar uma vida, é LINDO, é surreal. Parir é doloroso e transformador. Mas um mundo de incertezas tomou conta de mim, e eu sei que isso é absolutamente normal.

Mas essa semana, meu coração se encheu de uma paz diferente, e uma alegria incrível.

Eu posso não estar vendo o céu constantemente, mas o João tem me levado a sentir Jesus mais perto. Ele tem sido meu pôr do sol, todos os dias. Com cores diferentes, expressões, descobertas, sons e segredos só nossos! É tudo novo, mas quer mais criatividade do que dar a vida?! Quer mais incrível que criar os detalhes de um rosto?!

O meu Deus desenha com perfeição o céu todos os dias, sem repetir uma nuvem de lugar!

Mas Ele, que é a expressão da criatividade, desenhou o João quando ninguém ainda o podia ver, com toda perfeição e detalhes tão únicos!

Eu ainda sou apaixonada pelo pôr do sol único de cada dia, mas com certeza eu sinto Jesus mais perto de mim quando olho para o meu filho e pra pintinha que ele tem escondida no topo da cabeça!

Essa é a forma que Jesus encontrou de me abraçar nos últimos dias. Talvez você não tenha um recém nascido em casa, mas pode ser que por algum motivo você também não esteja conseguindo admirar o céu todos os dias.

Eu sei que Jesus quer te abraçar, presta atenção nos detalhes. Ele está em toda a criação!

Tomara que você sinta um abraço de Jesus agora 🙂

NASCIMENTOJOAO (67 de 87)

sobre ser e fazer feliz

DSC00888

Eu sempre tive esse desejo de mudar o mundo. Eu sei que eu, sozinha, não vou conseguir mudar praticamente nada. mas de uma forma que eu simplesmente não consigo explicar, esse desejo nunca vai embora por completo. Vez ou outra me pego criando planos para tentar fazer o mundo um lugar melhor.

Fiquei pensando sobre isso e sabe, por menos influentes que sejamos, todas as pessoas têm o potencial para mudar o mundo de alguém. Comecei pensando naquilo que pode mudar o meu mundo, ou, sendo mais realista talvez, o que pode mudar o meu dia? O que me deixa realmente feliz? Acho que lá no fundo todos nós estamos bem cansados de “coisas”, às vezes sem saber, o que nos falta mesmo é um sorriso sincero, um bom dia e um abraço apertado. É olhar nos olhos, é esquecer o celular em casa por um dia e conviver com as pessoas que estão ao nosso lado.

Na maioria das vezes, é aquilo que na nossa correria passa despercebido que no fundo tem o poder de mudar o nosso mundo.

Receber um presente sem motivo, ser lembrado por alguém através de uma mensagem ou uma ligação, comer o nosso doce preferido, chorar de tanto rir. Aliás, você lembra quando foi a última vez que você chorou de rir?

A gente esquece de se permitir viver de forma simples as vezes, né?! Esquecemos de parar por 10 segundos de olhos fechados e sentir o vento, a chuva, o sol ou qualquer que seja a cara do dia que estamos vivendo.

Esquecemos muitas vezes o que nos faz sinceramente felizes, você saberia dizer?!

Mudar o mundo pode ser uma tarefa muito complexa, mas me permitir mudar o mundo de alguém com um sorriso é bem simples, não custa nem tempo nem dinheiro, e já é um começo.

É impossível saber 100% o que a pessoa do nosso lado está pensando. Não conhecemos as dores profundas uns dos outros, os motivos das lágrimas que deixamos escorrer. Mas imagina comigo, se o meu sorriso pode mudar o dia de alguém, não faz sentido guardar ele pra mim somente.

Temos vivido dias intensos na nossa nação, por uma infinidade de razões, o ponto aqui não é ignorar isso. Mas quem sabe, mesmo que por alguns segundos, um simples gesto meu pode fazer diferença no dia, na vida ou no mundo de alguém.

Quando lemos os 4 evangelhos, percebemos que Jesus fazia a diferença por onde Ele passava. É claro que as pessoas O buscavam por curas e milagres, mas eu tenho certeza que não era só isso. Tenho certeza que milhares e milhares de pessoas O seguiam por quem Ele era, pelo sorriso que Ele dava que certamente mudava realidades de pessoas esquecidas.

Eu acredito que podemos fazer obras iguais ou até maiores do que Cristo fez, a Palavra nos afirma isso. Mas será que se refere “apenas” a essas obras que consideramos como milagres?!

Será que eu não estou expressando Jesus de uma forma tão real quanto um milagre se eu sorrir para alguém e conseguir demonstrar o amor de Deus por ela através disso?!

O mundo carece de amor, mas não do nosso amor, esse é falho e egoísta. Carece mesmo é do amor de Cristo, que é real, sincero e não espera nada em troca.

Será que eu tenho conseguido expressar esse amor incrível que um dia me atingiu para quem está do meu lado?

Um sorriso para você 🙂

Banhos de chuva

DSC00799Uma das coisas que eu mais escrevo, medito, e escuto Deus falar comigo, é sobre gratidão.

Tenho certeza absoluta que não é porque eu sou a pessoa mais grata do mundo, muito pelo contrário, sei que a minha luta contra as reclamações constantes é diária. Então, existe uma grande chance de esse não ser o último post sobre isso por aqui.

Acredito que nessa caminhada com Deus, o que aprendemos não necessariamente é como uma matéria de escola, uma vez que entendemos, não precisamos mais falar sobre o assunto. Pode ser só comigo e a minha dificuldade pra entender, aí Ele tem mesmo que me falar muitas vezes sobre o mesmo assunto, talvez eu não entenda como deveria, enfim.

Mas eu tenho comigo que o meu Deus é tão grande e magnífico, que Ele seeeempre vai ter alguma coisa nova pra me revelar se eu quiser escutar.

Várias pessoas que andam comigo, principalmente o meu paciente marido, me ajudam a exercer a gratidão. Eu normalmente comento de forma despretensiosa sobre algo que eu gostaria muito de ter ou fazer, e as pessoas que me amam, carinhosamente me ajudam a olhar pro outro lado, pra tudo aquilo que eu já tenho. E ali nasce de novo a gratidão. Não existe necessidade de olhar lá longe pra ser grato, é pertinho mesmo, é só olhar diferente, não precisamos procurar muito.

Quando eu pensava sobre o assunto, fiz uma analogia meio tosca, vou compartilhar com vocês 🙂

A ingratidão é como pipoca estourando na panela. Estoura uma, depois mais uma, mais um tempinho e outra, e de forma crescente, como se aquilo contaminasse, muitos estouros aparecem. Os motivos aumentam. Uma reclamação leva a outra. E em pouco tempo temos uma panela cheia de motivos para chorar.

Mas a gratidão, essa vem como chuva de verão. Quando estamos na beira da praia no entardecer de um dia muito quente e de forma muito rápida algumas gotas se transformam em uma chuva feroz.

Feroz mas refrescante, as gotas são incontáveis. Aquilo nos lava, nos encharca, não conseguimos conter e é tão delicioso quando nos entregamos. Acabamos quase que divinamente conduzidos ao mar, esse nos lava por inteiros, os motivos de gratidão se transformam em uma alegria profunda! Alegria que preenche e transborda. Depois dali, talvez não saibamos contar os motivos pra agradecer, talvez a vida continue com as mesmas dificuldades, elas não foram levadas com a chuva. Mas a função da chuva é mudar o meu coração e não a situação. Quando sairmos dali e a vida continuar igual, vamos sorrir!

O meu sincero desejo pra mim e pra você é que encontremos esses banhos de chuva todos os dias!

Hoje eu agradeço a Jesus pela forma como Ele tem guiado os meus passos e me conduzido gentilmente pra mais perto da vontade Dele pra mim!

E você, tenho certeza que tem algum motivo, pelo que agradece hoje?